Márcio Martelli

Márcio Martelli é escritor e editor de livros e revistas.
Membro efetivo da AJL – Academia Jundiaiense de Letras.
Publicou os livros: Para Sempre – Poesia e prosa (2006), Muito Mais (2007), Sangue: literatura e outras loucuras (2008), Viver: um jogo perigoso (2009), Cinco (2010), Canta que eu Conto (2010) e Momentos imprecisos na precisão das horas (2011).
Coautor dos livros: Meu Pai foi ferroviário I e II (2006/2007); Água é vida – um olhar sobre os recursos hídricos de Cabreúva (2006), Festa Italiana de Jundiaí – 20 anos (2007); Viagens (2008) e Silêncio Som Emoção Palavra (2008). Já editou mais de 500 livros.
Em 2008, recebeu a medalha Petronilha Antunes por sua contribuição à cultura de sua cidade.

Estreou na literatura infantil com o livro Zeca, o sapinho solitário (2009).
Dentre os infantis ainda destacam-se Eu tenho duas mães, O futuro depois de amanhã, O casamento do Zeca, Caruso e Joaquim, uma amizade sem fim, A menina que queria ser borboleta, Onde mora o amor, O homem que falava com as formigas, O Bum do Ra-tim-PUM! , As aventuras da Corujinha Ivanira, Ê ê ê, peguei um Saci Pererê!, A princesa que era gordinha, A princesa que era gordinha II – Um conto nem um pouco de fadas, Davi e Golias – Uma história dos tempos atuais, Tino: um macaco pra lá de danado, A História do Menino Que Ouvia Vozes, O Homem Que Contava Histórias, O Dia em Que a Iara Pegou Piolho e O Cemitério dos Gatos Abandonados.

Para 2014 estão programadas as seguintes obras: O presente da menina Órfã, Vovó Naná esqueceu de tudo outra vez, Vamos falar formigues?, O misterioso caso das abelhas desaparecidas, O menino que sabia todas as respostas, Sentimental eu fico quando ando por suas ruas, Lisboa Intemporal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>